Não leve por trás por Não leve por trás
14 fev 2014 às 23:19

A venda de smartphones chegou a 8,3 milhões de unidades no segundo trimestre de 2013 no Brasil, um crescimento de mais de 110% em relação ao mesmo período do ano anterior.
Demorou vários anos para sua popularização, pois existem desde 1993, quando a IBM fabricou o lendário Simon, primeiro telefone com agenda, jogos, calculadora e serviço de fax, para ser usado nas redes da BellSouth nos Estados Unidos. Então custavam uma fortuna e ainda na atualidade os modelos mais avançados e que vendem a marca oscilam entre mil e três mil reais.
Mas o caso é que o ano dos telefones inteligentes criou toda uma classe de gadgets e bugigangas para acompanhá-lo, os mais conhecidos e populares, devido certamente ao seu baixo preço são as capinhas, que permitem transformar o aparelho em praticamente qualquer coisa. Esses exemplos recolhidos aqui são alguns dos mais ridículos e divertidos que você poderá encontrar na rede:


Nenhum comentário. Seja o primeiro!

  • Seu comentário pode demorar alguns segundos para aparecer, devido ao cache do site.
  • Comentários com links, seram antes analizados pela moderação.

Entre na sua conta