Por onde anda o mito da internet Jeremias Maluco?
Não leve por trás por Não leve por trás
04 out 2014 às 16:34
flaming_inferno_by_drewbist-d3dds1p
Jeremias Maluco, o único a beber com o próprio cão, se tornou um mito na internet brasileira em meados de 2006. Seu sucesso se espalhou rapidamente gerando mais de 10 milhões de visualizações em seus vídeos chamando a atenção do YouTube, UOl entre outros.
Depois de ser filmado nesta delegacia e caído na graça dos internautas, todos pensavam que ele iria mudar. Mas as bebedeiras de Jeremias não pararam por aí, pois ele acabou sendo encontrado de novo, ainda mais encharcado na cachaça do que antes.
Não poderíamos deixar de falar também do Funk do Jeremias, que novamente alcançou milhões de acessos no YouTube.
Mas por onde anda Jeremias?
Infelizmente não existem muitas informações desse ano sobre Jeremias, as últimas notícias que se tem desse mito são um pouco mais velhas. Uma das notícias sobre ele é um vídeo que um fã gravou quando o encontrou, nele Jeremias revela que parou de beber com o cão e que agora está trabalhando com sua mãe. O vídeo é de péssima qualidade, pois parece ter sido gravado com celular.
Pesquise no Google sobre Jeremias!
1_thumb3
Além disso, existe um processo de Jeremias, pois ele depois da fama ganhou charges e muitos vídeos com sua imagem. Vendo uma oportunidade, ele processou certas empresas querendo faturar algum, mas pelo que se pode ver o processo contra o UOL não deu muito certo, pois a ordem judicial diz apenas que o site tem de tirar as tirinhas e animações com ele do ar. Processo do “cabra homi”.
Enfim, é isso que se sabe do mítico Jeremias muito louco, uma das mais clássicas figuras da internet brasileira! E ao contrário do que muitos sites dizem, ele não está morto.
Se você por acaso o encontrar porai, tente tirar da cabeça dele essa ideia de matar mil, e mande um save por nos aqui do Blog “Não leve por trás”.

Via: Minilua
Loading...

Nenhum comentário. Seja o primeiro!

  • Seu comentário pode demorar alguns segundos para aparecer, devido ao cache do site.
  • Comentários com links, não são aprovados instantaneamente.


Entre na sua conta