loucuras

Postagens na categoria Coisa de louco

Não leve por trás por Não leve por trás
14 fev 2014 às 23:19

A venda de smartphones chegou a 8,3 milhões de unidades no segundo trimestre de 2013 no Brasil, um crescimento de mais de 110% em relação ao mesmo período do ano anterior.
Demorou vários anos para sua popularização, pois existem desde 1993, quando a IBM fabricou o lendário Simon, primeiro telefone com agenda, jogos, calculadora e serviço de fax, para ser usado nas redes da BellSouth nos Estados Unidos. Então custavam uma fortuna e ainda na atualidade os modelos mais avançados e que vendem a marca oscilam entre mil e três mil reais.
Mas o caso é que o ano dos telefones inteligentes criou toda uma classe de gadgets e bugigangas para acompanhá-lo, os mais conhecidos e populares, devido certamente ao seu baixo preço são as capinhas, que permitem transformar o aparelho em praticamente qualquer coisa. Esses exemplos recolhidos aqui são alguns dos mais ridículos e divertidos que você poderá encontrar na rede:


Não leve por trás por Não leve por trás
14 fev 2014 às 21:32
 Um curioso anúncio de compra de almas está dando o que falar em Campo Grande (MS), e o anunciante, “Tinhoso”, diz pagar “à vista” caso o interessado feche negócio. Veiculado em cartazes colados em postes da capital sul-mato-grossense, o anúncio logo se tornou assunto nas redes sociais.
“Tinhoso”, uma referência popular ao diabo, busca almas que vivam no bairro do Jardim dos Estados e também na Avenida Afonso Pena, próximo à prefeitura da cidade. “Precisando de dinheiro? Compro sua alma! Pago à vista. 9666-6966. Tratar com tinhoso”, diz o cartaz.

O site Campo Grande News, que descobriu a inusitada proposta de compra, especula se o anúncio não seria uma brincadeira, ou até uma intervenção urbana ou mesmo teaser de campanha publicitária. “Até acredito que alguma seita esteja querendo comprar a alma de alguém”, disse a auxiliar administrativa Ivanir Bermanaschi, de 41 anos.
As reações das pessoas que sabem do anúncio passam pelo automático “Deus me livre” até o zombeteiro “vixi”. Considerando a falta de dinheiro resultante dos altos índices de inflação no Brasil, Ivanir considera que “pode aparecer algum tentando vender” a alma ao anunciante.
Já o casal Léia Nunes, de 36 anos, e Márcio da Silva, de 33 anos, interpretaram a proposta como sendo algo sério: “O único que compra alma é o diabo” disse Márcio. Membros da Assembleia de Deus, o casal acrescentou que “é o bichinho, querendo comprar a alma dos jovens”, e tentou desvendar a estratégia: “Mas ele está usando alguém. A pessoa liga e, com certeza, fica o registro no telefone. Ele vai lá, dá uma pesquisada e vê de quem é. É ‘estrombólico’ esse 9666-6966”



Não leve por trás por Não leve por trás
08 fev 2014 às 15:26
Como se diz o ditado
Cada louco tem a sua mania. Ou melhor dizendo, cada pais louco tem a sua mania louca.
Pois é pra mim o cara tá fazendo um bolo na cabeça do outro, jogando trigo água e depois mexendo e de quebra dá uns pedala Robinho, ahaha mais se o povo acredita e faz é porque deve funcionar:

Esse tratamento é para dor de cabeça imagina se fosse algo mais complicado, notamos que no final o cara até chora kkkk.
Se sair do  ritmo toma tapa!
Quem ai se habilita ao tratamento?


Não leve por trás por Não leve por trás
06 fev 2014 às 00:09

  Veja como Michael Jackson fazia no famoso The Lean

















A véi quando eu era pequeno achava que ele tinha é pacto com o capeta pra fazer isso LOL.
Ele é mesmo um GÊNIO foda, sempre revolucionou, quem pode supera-lo? acho que ninguém, juntando todos os cantores e seus talentos e batendo no liquidificador, não dá meio copo do talento de Michael Jackson…

´´Show“


Não leve por trás por Não leve por trás
30 jan 2014 às 22:47
 Vida loka Essa teve! 

Nascimento
Ao nascer, foi chamada de Amy, nome de sua mãe, e Braga, nome de seu pai. Ela nasceu dentro de um pub inglês, ou seja, bares ingleses cheios de bebedeiras, brigas e pileques. O “Winehouse” de seu nome foi em homenagem ao bar onde sua mãe cantava e se prostituía que, mais tarde foi transformado em bordel. Desde pequena, a pobre Amy era arrastada para os bares e assistia a mãe divorciada cantar despida no palco, entupir-se de drogas ou transar com os clientes. Quando o bar faliu, mãe e filha foram obrigados a voltar para a casa do pai. O pai, desempregado, vivia chegando bêbado em casa e agredia a mãe e coagindo Amy, então com um ano de idade, a se embebedar. Uma vez, depois de uma discussão, Amy foi atirada pela janela pelo pai completamente bêbado, mas sobreviveu. Sua infância sofrida foi marcada por vícios, violência e drogas. Seu pai fora detido pela polícia e a mãe mal podia se sustentar. Assolados pelo desespero, mãe e filha embebedavam-se para afogar suas mágoas. Anos depois, com a volta do pai, a mãe fugiu com um caminhoneiro sem dar nenhum adeus.
   
Infância
Com quatro anos de idade, Amy Winehouse já era viciada em crack, ecstasy, heroína, LSD, uísque e vodka. Para manter o vício, às vezes, cheirava o fundo das latas de aerossol ou comia lascas de tinta anti-aderente. Seu pai, inveterado, mal-tratava-a e, quando bêbado, estuprava-a repetidas vezes e, um dia, completamente drogado, coagiu o cão a estuprar Amy. Amy então, de madrugada, dobrou a dosagem de heroína do pai e o assassinou por overdose, depois, consumindo-se de remorso, decidiu se suicidar e injetou a mesma quantidade de heroína, mas sobreviveu. Então, foi morar com o avô, um pedófilo psicopata que abusava de criancinhas vestido de palhaço e, quando mal foi enviada à guarda do avô, foi submetida a escrava sexual e testadora de drogas. Nessa época, conheceu Christianne F., viraram amigas e ambas se drogavam enquanto cabulavam aulas, entupiam-se de crack e maconha até que um dia, seu avô, completamente possuído por drogas e bebidas, esmurrou a porta de uma delagacia e foi preso por prisão perpétua. Amy, então, foi parar num orfanato…
… Que ficava ao lado de uma fábrica de vodka. Ainda no orfanato, Amy ficou em coma depois de um porre daqueles e, recuperada, fugiu com Christianne F. para as ruas, onde se prostituíam para alimentarem o vício e conter os sintomas da abstinência. Um dia, depois de serem espancadas num beco por roubar bebidas, Amy e Christianne F. visitaram uma festa local onde uma banda americana de rock tocariam. Visando uma ótima oportunidade para roubarem drogas e bebidas, as duas invadiram o show do qual tocaria a banda Nirvana e conheceram Kurt Cobain, do qual, imediatamente Amy viraria fã absoluta. E, então, conheceu a música.
Como cantora
Ficou famosa nos pubs britânicos por suas apresentações bizarras, inspiradas pela banda Nirvana e, assim como o próprio líder, Kurt Cobain, subia no palco completamente suja, bêbada, drogada e lixada, ou seja, em seu estado natural. Começou a copiar os discos antigos da sua mãe e copiar seu jeito de cantar. Em pouco tempo, lançara um disco que vendeu insignificantemente e um single miserável que fez um sucesso medíocre chamado Rehab, uma autobiografia resumida de sua vida. Fez sucesso nas paradas e nos tabloides ingleses depois de polêmicas, como:
  • Mijar em cima de uma viatura policial
  • Destruir uma vitrine de uma loja da Calvin Klein
  • Cair no palco
  • Subir bêbada no palco
  • Cuspir e xingar a plateia
  • Vomitar no palco
  • Agredir um paparazzi
  • Defecar em locais públicos
  • Agredir transeuntes
  • Ser autoada em flagrante
  • Ser expulsa de seus próprios shows
  • Ser internada num hospital
  • Ser internada numa clínica de reabilitação 

Principais Problemas

  • Bebedeira
  • Abuso excessivo de drogas
  • Fuga de centros de reabilitação
  • Rejeição emocional
  • Divórcios
  • Depressão
  • Perda de peso
  • Depredação
  • Auto-destruição
  • Vício de tabaco
  • Sua própria existência 


Amy Winehouse – Rehab

    Jogo dos 7 erros

    À luz do dia, ela conseguia ser mais assustadora ainda. Veja os 7 erros da “Maria Fumaça”:
     
    1) Mancha toscamente descolorida no topete; (Possível homenagem a Chimbinha)
    2) Cigarrinho que não sai detrás da orelha;
    3) Pereba porca no rosto;
    4) rabiscos de criança;
    5) Braço todo cagado com cortes e picadas de injeção;
    6) Barriguinha cheia de verme e comida do McDonald’s;
    7) Isso, POR SORTE, a gente ainda não viu!




    Hooo Gentem pera ai! isso é uma homenagem, tá mais pra esculacho LOL.



    Entre na sua conta